Securcredi – Mediação de Seguros, Unipessoal, Lda

Como rentabilizar o reembolso do IRS

05.07.2024
Como rentabilizar o reembolso do IRS

Siga algumas dicas práticas para transformar dinheiro extra numa verdadeira vantagem financeira.

 

O reembolso de IRS é uma das alturas mais desejadas do ano por alguns contribuintes. Caso receba um dinheiro extra como reembolso rentabilize-o de forma inteligente. Após entrega de IRS, a previsão de reembolso é de 12 dias para os contribuintes que optem pelo IRS automático e de 19 dias para quem preenche a declaração manualmente. No entanto, o tempo de processamento pode variar caso a caso, inclusive a Autoridade Tributária informou que este ano os reembolsos de IRS poderão estar atrasados.

Para receber o reembolso de IRS terá de ter feito retenção na fonte dos seus rendimentos no ano fiscal correspondente à declaração deste imposto. Só após a entrega deste documento poderá ter acesso ao pagamento do reembolso. Através do Portal das Finanças, é possível consultar a sua situação e confirmar quanto resultará da liquidação do IRS como reembolso.

Deverá usar o valor recebido para melhorar a sua situação financeira e aplicá-lo no pagamento de algumas despesas, reforçar poupanças ou utilizá-lo no pagamento de umas merecidas férias. Avalie e escolha as opções que melhor se adequam aos seus objetivos e necessidades. Siga algumas dicas práticas para transformar dinheiro extra numa verdadeira vantagem financeira.

 

PAGUE AS SUAS DÍVIDAS

Priorize o pagamento de dívidas com taxas de juro elevadas, como cartões de crédito ou empréstimos pessoais. Reduzir ou eliminar estas dívidas pode poupar-lhe muito dinheiro a longo prazo.

 

DESFRUTE DE UNS DIAS DE FÉRIAS

 Aumente o seu orçamento para estes dias. Caso já tenha as férias planeadas, nada melhor do que reforçar o orçamento, se por outro lado, ainda não conseguiu delinear os seus dias de descanso, então aproveite e aplique o dinheiro extra, quem sabe, numa praia paradisíaca. 

 

INVISTA EM POUPANÇA

Considere colocar parte do seu reembolso em contas de poupança com juros competitivos e, se possível, com condições especiais para novos depósitos. Estas contas geralmente oferecem liquidez imediata, permitindo-lhe aceder ao dinheiro em caso de necessidade.

 

CONTRIBUA PARA A REFORMA

Faça contribuições adicionais para o seu plano de pensões. Investir na sua reforma cedo, mesmo com pequenos acrescentos, pode proporcionar-lhe um futuro mais confortável.

 

MELHORE A SUA HABITAÇÃO

Realizar melhorias na sua casa pode ser uma excelente forma de investir o seu reembolso do IRS. Estas melhorias não só aumentam o conforto e a funcionalidade do seu lar, como também podem valorizar o imóvel, resultando num retorno financeiro a longo prazo. 

 

POUPE PARA COMPRAR CASA

Se está a pensar comprar uma casa, o reembolso do IRS pode ser um excelente ponto de partida para construir o seu fundo de poupança para a entrada inicial. Adquirir uma casa própria é um dos maiores investimentos que pode fazer e exige um planeamento financeiro cuidadoso. Comece por definir um objetivo de poupança para a entrada inicial, que geralmente representa entre 10% e 20% do valor da casa.

 

DIVERSIFIQUE INVESTIMENTOS

Se está disposto a correr alguns riscos, considere investir em ações, fundos de investimento ou outros produtos financeiros que possam oferecer retornos mais elevados. Investir em ações pode proporcionar retornos significativos, especialmente se optar por empresas com bom potencial de crescimento. No entanto, é importante estar ciente de que o mercado de ações pode ser oscilante. Já os fundos de investimento são geridos por profissionais e permitem-lhe investir em diversos ativos, como ações, obrigações e outros instrumentos financeiros. 

partilhar